Instagram quer combater contas fakes e o falso engajamento na rede social

Raiza Lucena

No dia 19 de novembro, a rede social Instagram informou que está trabalhando para reduzir as atividades não autênticas na rede social.

 

De acordo com o informativo, o Instagram quer melhorar cada vez mais a experiência do usuário e combater o incômodo de atividades não autênticas proporcionadas por contas que utilizam de aplicativos terceiros para engajar popularidade.

 

Para isso, a rede social informou que criou ferramentas de aprendizado de máquina. As ferramentas irão ajudar a identificar contas que usam de serviços e irão remover curtidas, seguidores e comentários automatizados. “Esse tipo de comportamento é ruim para a comunidade, e os aplicativos de terceiros que geram curtidas, seguidores e comentários não autênticos violam nossas Diretrizes da Comunidade e nossos Termos de Uso”, informou o aplicativo em nota.

 

O Instagram ainda afirmou que, além de querer limitar o comportamento não autêntico, quer proteger as contas que se cadastram em aplicativos de automação.

 

As contas que utilizam de tais serviços serão alertadas sobre a remoção de curtidas, seguidores e comentários não espontâneos que forneceram a outras contas. Os usuários ainda serão solicitados que troquem a senha para reforçar a segurança.

 

Imagem: Divulgação/Instagram

 

Como funciona a automação de curtidas?

Talvez você tenha recebido um “top 👏👏” em uma foto aleatória sua.

 

Isso acontece porque o Instagram é movido por interação. Uma interação que rende bastante dinheiro para contas patrocinadas.

 

Algumas empresas, marcas, blogueiras e quem quer que se autoproclame “instagrammer” precisam manter uma consistência de curtidas, comentários e seguidores para ganhar cada vez mais atenção para aquele perfil.

 

Mas, não se engane: nem só de fakes se vive uma conta.

 

O que acontece é que um perfil com interação constante acaba chamando atenção de outros seguidores que acreditam que deva ter algo de interessante ali, já que o tal usuário consegue receber “muita curtida”.

 

É por isso que existem empresas que fornecem serviços de interação automática no Instagram.

 

O serviço funciona da seguinte forma. De um navegador da web o acesso à conta, com login e senha, é liberado para uso. Assim, um público-alvo será definido para aquela conta e a velocidade do processo.

 

A plataforma utilizada pode seguir usuários de acordo com concorrentes, hashtags ou localização.

 

A conta pode ainda escolher o tipo de comentário que recebe ou quantas curtidas.

 

O usuário que recebe uma curtida ou ganha um seguidor pode seguir de volta ou conhecer tal conta de forma espontânea. Esse tipo de serviço, geralmente, é para encurtar o encontro de perfis de interesse em comum e acelerar o crescimento de um usuário.

 

O Instagram ainda prometeu outras atualizações nas próximas semanas quanto ao combate de atividade não espontânea no aplicativo. Só nos resta esperar para ver como os usuários vão reagir e se reinventar após as mudanças.